HISTÓRIA

 

Antes de contarmos como começou a Piadina Romagnola,

achamos que seria de bom tom começarmos

por definir seu principal produto: a piadina.

Afinal, ela ainda é uma novidade para muitos brasileiros.


Piadina é uma espécie de sanduíche típico do Nordeste da Itália, de uma região conhecida como Emilia Romagna. Foi perambulando por lá, que descobrimos o sabor autêntico desse prato centenário. Como buscamos a receita na fonte, decidimos que nossa casa se chamaria Piadina Romagnola (pronuncia-se Romanhola), numa alusão a sua origem.


Uma das principais características das piadinas é a massa caseira, leve e fina, de sabor único. Para completar e dar o toque gourmet, recheios selecionados e elaborados em composições que aguçam o paladar. É assim que se faz uma piadina original. Seguindo a tradição, é assim também, com massa caseira preparada artesanalmente e ingredientes selecionados, que produzimos nossas piadinas. O resultado dessa composição é uma refeição leve, de sabor inesquecível e incomparável.


À venda em restaurantes, padarias e até mesmo em quiosques de rua, piadina é também sinônimo de "refeição rápida" para os italianos. Tanto que por lá é comum ver pessoas comendo piadina pelas ruas das cidades da Emilia Romagna. O brasileiro ainda não tem esse hábito. Mas nosso clima tropical é perfeito para se degustar piadinas, como as produzidas aqui, na Piadina Romagnola.


2012 � PIADINA ROMAGNOLA, Todos os Direitos Reservados. � Birds